kut

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

TJD arquiva recurso e Corumbaense é mantido na Série B

Fonte: Diario Online Rodrigo Nascimento

Recurso do Corumbaense tenta mater equipe na Série A do Estadual

O Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul (TJD-MS) arquivou o recurso impetrado pela diretoria do Corumbaense Futebol Clube, mantendo o alvinegro pantaneiro na Série B do Campeonato Estadual em 2012.

A decisão foi publicada nesta quarta-feira, 03 de julho, no site oficial da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS). O auditor Ramon José Brizueña concluiu "não haver caracterizada infração, quanto de inclusão do atleta Rafael Carlos Silva, da equipe do Clube Desportivo 7 de Setembro, consoante Art. 82, parágrafo 4°, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva".

A diretoria do Carijó da Avenida deve recorrer da decisão. Se isso ocorrer, o caso deve ser levado ao pleno do Tribunal de Justiça. O clube alega que o Sete de Setembro utilizou o jogador Rafael, de apenas 18 anos, também conhecido como Rafael Negão, de forma irregular em pelo menos uma partida do Estadual, contra o Águia Negra, no primeiro turno da competição. Cópias da súmula e da relação de atletas comprovam que Rafael estava no elenco do Sete neste jogo.

O nome do jogador aparece no Boletim de Informação Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) como jogador do Sete. Mas na Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), o nome dele sequer consta entre os jogadores inscritos pelo time douradense. De acordo com o artigo 11 do regulamento do Campeonato Estadual, isso é condição básica para que qualquer atleta esteja apto a entrar em campo.

A situação é semelhante à ocorrida com o Operário de Campo Grande. O Galo da Capital perdeu 6 pontos por ter utilizado o atleta Reinaldo da Silva Santos irregularmente na partida contra a Serc. Segundo comunicado publicado pela FFMS, o jogador deveria ter cumprido suspensão automática por ter levado três cartões amarelos.

"Caso ocorra irregularidade neste item, caberá ao departamento técnico da FFMS a aplicação da perda do dobro de pontos disputados na partida, por jogador irregular", diz o regulamento da competição. Operário e Rio Verde foram os rebaixados da chave B.

Em caso de punição, o Sete de Setembro perderia seis dos 21 pontos acumulados durante a primeira fase do Campeonato Estadual 2011. Desta forma, a equipe terminaria a fase de grupos com 15 pontos, um a menos que o Carijó da Avenida, e seria rebaixadopara a Série B junto com o Ponta Porã.


0 comentários:

Facebook

Anunciantes

Anunciantes

Panos da TMI

Panos da TMI

bones

bones

Link-me

120x60 px

Torcida Organizada Máfia Independente - TMI | Template by - Josué de Brito Quadros - 2009 - - hidden hit counter